IDEB de 2011 mostra que Minas tem a melhor educação do Brasil

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), índice do Ministério da Educação que mede a qualidade do ensino, coloca Minas Gerais acima da média nacional e além das metas do MEC para a educação. Avaliando a rede estadual de ensino, de acordo com o Ideb relativo ao 5º ano do Ensino Fundamental, Minas Gerais tem a melhor educação do Brasil. A cidade com a melhor educação do sudeste também é mineira: Belo Horizonte está em primeiro no ranking das escolas municipais.

A Turma do Chapéu foi até Itaguara, 100 km de Belo Horizonte, para conferir os investimentos que foram realizados pelo Governo Aécio-Anastasia que transformaram a educação básica de Minas na melhor do país. Veja no vídeo abaixo:

Leia também:

Minas em primeiro lugar no ranking nacional

Minas em primeiro lugar no ranking nacional – Arte: Folha de São Paulo (redimensionado)

Minas cresce no Ideb 2011 e fica acima do índice projetado pelo MEC

G1, 14/08/2012

Estado alcançou 4,6 na avaliação de 5ª a 8ª série.
Resultado mostra melhora em relação às edições anteriores.

Ideb Minas Gerais MG (Foto: Editoria de Arte/G1)

Ideb de Minas Gerais é melhor do que o projetado pelo Ministério da Educação (Foto: Editoria de Arte/G1)

Dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) referente ao ano de 2011 mostram que Minas Gerais alcançou média de 4,6 na avaliação que mede a qualidade do ensino da 5ª a 8ª série. O resultado está acima da meta estabelecida pelo Ministério da Educação – que era de 4,2 – e evidencia uma melhora em relação às três primeiras edições do levantamento. A média nacional nos anos finais do Ensino Médio foi de 4,1.

Em 2005, o estado alcançou índice de 3,8; em 2007, a nota ficou em 4,0 e subiu para 4,3 em 2009. De acordo com Ministério da Educação, o índice é medido a cada dois anos e o objetivo é que o país, a partir do alcance das metas municipais e estaduais, tenha nota 6 em 2022 – correspondente à qualidade do ensino em países desenvolvidos. As projeções feitas pelo governo apontam crescimento para os próximos anos.

O Ideb apontou também as escolas com melhores e piores índices em Minas Gerais. Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho na Prova Brasil aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.

Em Minas Gerais, o Colégio Militar de Belo Horizonte obteve a nota mais alta: 7,2. No ranking Brasil, a escola ficou na sétima posição. Já a Escola Estadual Professora Maria do Socorro Andrade, também da capital, obteve nota de 0,3 e foi considerada uma das piores escolas públicas brasileiras. A Secretaria de Estado da Educação informou que o dado vai ser analisado e que vai intervir, na escola, com a adoção de projetos pedagógicos.

Veja lista das escolas com os melhores resultados em MG:

Escola Cidade Nota Ideb 2011
Colégio Militar de Belo Horizonte Belo Horizonte 7,2
Escola Municipal São Miguel Nova Ponte 6,8
Colégio Tiradentes PMMG Passos 6,7
Escola Estadual Dr. Luiz Pinto de Almeida Santa Rita do Sapucaí 6,6
Colégio Militar de Juiz de Fora Juiz de Fora 6,5
Escola Municipal Maria Caproni de Oliveira Carvalhópolis 6,4
Escola Estadual Almirante Toyoda Ipatinga 6,4
Escola Estadual São Francisco de Assis Divinópolis 6,3
Escola Estadual Engenheiro Márcio Aguiar da Cunha Ipatinga 6,3
Escola Estadual Major Lage Itabira 6,3
Escola Estadual Victor Gonçalves de Souza Itauna 6,3
Colégio Tiradentes PM MG Patos de Minas 6,3
Escola Estadual Dr. Duarte Pimentel de Ulhoa Uberlândia 6,3

Veja a lista das escolas com os piores resultados em MG:

Escola Cidade Nota Ideb 2011
Escola Estadual Professora Norma de Brito Piedade Martins Elói Mendes 1,7
Escola Municipal de Ensino Fundamental de Catuji Catuji 1,7
Escola Estadual Geraldo Jardim Linhares Belo Horizonte 1,7
Escola Municipal Professora Almerinda Silva Mosti São Sebastião da Bela Vista 1,8
Escola Estadual Professora Geralda Otoni Barbosa Capelinha 1,8
Escola Estadual Sebastião Silva Coutinho Leopoldina 1,9
Escola Estadual Professor Francisco Brant Belo Horizonte 1,9
Escola Estadual São Sebastião Varginha 2,0
Escola Estadual Lourenco Andrade Passos 2,0
Escola Municipal Argemiro de Souza Filho Matias Cardoso 2,0

De maneira geral, as escolas mineiras alcançaram bons resultados. Houve melhora também no índice de 1ª a 4ª, que ficou em 5,9 em 2011. A nota é maior que a projeção feita pelo MEC, de 5,5. Nos anos anteriores, as médias foram 4,7 (2005), 4,7 (2007) e 5,6 (2009).

Entenda o Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo MEC para medir a qualidade no ciclo básico de ensino. Ele é feito a cada dois anos e já tem quatro edições (2005, 2007, 2009 e 2011). Para chegar ao índice, o MEC calcula a relação entre rendimento escolar (taxas de aprovação, reprovação e abandono) e desempenho na Prova Brasil aplicada para crianças do 5º e 9º ano do fundamental e do 3º ano do ensino médio.

O Ideb possibilita analisar a qualidade da educação em uma determinada escola e nas diversas redes de ensino; no fundamental, é possível avaliar o desempenho dos municípios nas redes públicas e, no nível médio, o Ideb é divulgado por UF. Há também o Ideb Brasil, dividido entre as redes municipal, estadual e privada.

Compartilhar

Comentários