Pimentel é denunciado ao STJ por corrupção e lavagem de dinheiro e pode ser afastado a qualquer momento

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, foi denunciado hoje no Superior Tribunal de Justiça pela Procuradoria Geral da República. Segundo o G1, Pimentel foi denunciado por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Operação Acrônimo, cometidos enquanto o hoje governador era ministro do Desenvolvimento da Indústria e Comércio Exterior durante o primeiro mandato de Dilma.

Se o ministro Herman Benjamin, relator da Operação Acrônimo no STJ, aceitar eventual denúncia da PGR contra Pimentel, o governador deve ser tirado automaticamente do cargo, cumprindo o Artigo 92, Parágrafo 1º, Inciso I da Constituição Mineira, que determina que o Governador será suspenso de suas funções, se recebida a denúncia de crimes comuns pelo Superior Tribunal de Justiça.

Compartilhar

Comentários