PSDB-MG divulga manifesto de repúdio a atos de censura de Hélio Costa e a pedido de prisão de Gabriel Azevedo

Candidato do PMDB pede prisão do estudante Gabriel Azevedo, integrante da Turma do Chapéu, por divulgar link para vídeo que mostra o passado de Costa ao lado de Collor

Gabriel Azevedo e o deputado Narcio Rodrigues, presidente estadual do PSDB (Foto: Emmanuel Pinheiro / Nitro)

A Executiva Estadual do PSDB e a Juventude do PSDB em Minas Gerais repudiaram, nesta segunda, as tentativas de censura contra conteúdo político divulgado na internet que vêm sendo feitas pelo candidato da chapa PMDB/PT, Hélio Costa, por meio de ações judiciais. Os tucanos também se posicionaram contra o pedido, feito pelo ex-ministro das Comunicações, de prisão do estudante e blogueiro Gabriel Sousa Marques de Azevedo, presidente do PSDB Jovem de Belo Horizonte e integrante da Turma do Chapéu, que é titular do blog Amigos do Anastasia, em razão dele ter publicado um vídeo que mostra um panfleto da Central Única dos Trabalhadores (CUT), onde Hélio Costa e o ex-presidente Fernando Collor de Mello aparecem juntos. O panfleto foi distribuído pela CUT, em Minas, nas eleições de 1990.

Imagem de Amostra do You Tube

Em entrevista coletiva, ao lado de Gabriel Azevedo e Tilden Santiago, o presidente estadual do PSDB, deputado Narcio Rodrigues, divulgou
o processo nº 658.383
, registrado junto ao TRE de Minas Gerais. Nele, o ex-ministro e candidato pede a prisão do estudante e blogueiro porque Gabriel Azevedo publicou também em seu twitter pessoal um link para vídeo da CUT.

Estamos vindo a público hoje para repudiar com veemência a tentativa de censura das manifestações de opiniões na internet. Um jovem blogueiro, que é filiado ao PSDB, teve sua prisão pedida pelo candidato Hélio Costa e isso me parece ser uma coisa contra a qual nós temos que lutar. Porque temos o direito de o processo político ser transparente, o direito à opinião”.

Narcio Rodrigues

Gabriel, Narcio e Tilden (Foto: Emmanuel Pinheiro / Nitro)

Narcio Rodrigues também classificou a iniciativa do ex-ministro como uma clara tentativa de censura à liberdade de expressão. Ele participou da coletiva na sede do partido, ao lado de Gabriel, do ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas de Minas Gerais e ex-deputado federal, o ex-embaixador Tilden Santiago, e do presidente da Juventude do PSDB de Minas Gerais, Adriano Faria. Narcio e Tilden são também jornalistas.

Essa medida mostra um grau de intolerância democrática que não é possível aceitar no Brasil de hoje. Ainda mais vindo de quem vem, de um jornalista que viu a penosa caminhada do Brasil para a conquista da democracia. Então, nós estamos todos, de forma unida, combatendo a ideia de que se possa, de alguma forma, censurar a liberdade de expressão na internet, que é um espaço democrático do debate onde todos devem ter a liberdade de opinião e a oportunidade de se manifestar”.

Narcio Rodrigues

Por que esconder seu passado, Hélio Costa?
Tilden Santiago, que também foi diretor da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), lamentou que o jornalista e ex-ministro Hélio Costa não tenha utilizado a internet para prestar aos eleitores os esclarecimentos referentes ao seu passado político. O candidato optou por uma ação judicial contra a divulgação do vídeo no YouTube.

“É lamentável esse fato. O ministro não precisava colocar na sua biografia esse título de censor da internet, sobretudo ele que como ministro das Comunicações tanto insiste na importância e na ampliação do uso da internet”, disse Tilden. O ex-embaixador do Brasil em Cuba ainda completou:

Acho muito estranho que ele não tenha utilizado os meios de comunicação, com a facilidade que ele chega, para explicar porque andava com Collor, porque representava Collor e PC Farias em Minas Gerais naquela época”.

Uma censura atrás da outra
No início de julho, Hélio Costa entrou no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com uma ação contra o site de exibição de vídeos YouTube, pedindo a retirada do ar de uma animação onde ele aparecia pilotando uma nave espacial. A ação pedia ainda aplicação de multa contra o estudante por ter veiculado a animação no seu blog. O TRE retirou o vídeo do YouTube, mas julgou improcedente o pagamento da multa calculado em até R$ 100 mil.

O Blog do Noblat, do jornalista Ricardo Noblat, postou, em 17 de agosto, o vídeo do YouTube onde Hélio Costa e Fernando Collor apareciam juntos. Na época, o ex-ministro era candidato ao governo de Minas e a CUT lembrava do apoio de Hélio Costa a Fernando Collor nas eleições presidenciais de 1989.

Tucanos contra a cencura na internet (Foto: Emmanuel Pinheiro / Nitro)

Gabriel Azevedo, então, publicou em seu blog e tuitou um link para que as pessoas pudessem acessar o vídeo no site do jornalista. Novamente, Hélio Costa conseguiu a retirada do vídeo do YouTube por uma liminar judicial, mas não o fez contra o blog do jornalista, que ainda mantém o vídeo publicado.

Por fim, o ex-ministro solicitou à Justiça que o estudante Gabriel Azevedo fosse preso por novamente indicar em seu twitter um link para o blog do Noblat.

Irritante uma ação como a de Narcio, Tilden, Gabriel e Adriano ser necessária em pleno ano 2010. Acorda Minas Gerais!

Leia a nota de repúdio à censura na íntegra:

Manifesto de repúdio à censura

A Executiva Estadual do PSDB de Minas Gerais e a Juventude do PSDB repudiam de forma veemente os atos de censura praticados pelo candidato do PMDB, Hélio Costa, que incluem um pedido de prisão contra o estudante e blogueiro Gabriel Sousa Marques de Azevedo, presidente da Juventude Municipal do PSDB, de Belo Horizonte.

Em nome da Coligação Somos Minas Gerais, registramos nosso protesto contra a tentativa de cercear o debate eleitoral pela internet, um meio de comunicação que tem seu grande sucesso alicerçado na liberdade.

Causa mais estranheza o fato desta censura estar sendo exercida por um jornalista de longa carreira na imprensa brasileira. É um absurdo que um ex-ministro das Comunicações se coloque contra a liberdade de expressão, que é um dos pilares da democracia.

Veja entrevista com Gabriel Azevedo:

Imagem de Amostra do You Tube

Confira depoimento de Narcio Rodrigues sobre o tema:

Imagem de Amostra do You Tube

Compartilhar

Comentários